0 iconCarrinho (0)

Carrinho  

Nenhum produto

Total R$ 0,00

Finalizar Carrinho

Categorias

Receber Novidades e Promoções

Depoimentos

  • Já realizei várias compras e sempre com a mesma rapidez no atendimento e prazo. Adquiri recentemente a Cuba Ultrassônica e chegou em perfeito estado e no prazo previsto. Recomendo a todos. Ótimo produto, ótima empresa, ótima aquisição. Parabéns.
    Roberto Kunieda, São Paulo / SP
  • Muito bom, entrega no prazo e chegou em bom estado.
    Marcos, São Paulo
Deixe o seu depoimento e veja outros

Componentes Eletrônicos

353 produtos

Componentes Eletrônicos

Um componente eletrônico é considerado como qualquer dispositivo básico ou entidade física em um sistema eletrônico utilizado para afetar os elétrons ou os seus campos associados.


Componentes eletrônicos, via de regra, têm dois ou mais terminais elétricos (ou leads) à parte de antenas, por exemplo, que só podem ter um terminal. Estas ligações são conectadas para criar um circuito eletrônico com uma função particular (por exemplo, um amplificador, um receptor de rádio ou um oscilador).


Em geral, componentes eletrônicos básicos podem ser encontrados discretamente em matrizes ou redes de componentes, ou integrados em conjuntos, tais como circuitos integrados semicondutores ou híbridos.


Componentes Eletrônicos


Os componentes podem ser classificados como passivos, ativos ou eletromecânicos. A definição física rigorosa trata componentes passivos como os que não podem fornecer energia a si mesmos, ao passo que uma bateria seria vista como um componente ativo, uma vez que verdadeiramente age como uma fonte de energia.


No entanto, engenheiros eletrônicos que realizam análises de circuitos usam uma definição mais restritiva de passividade. Quando só se preocupa com a energia de sinais, que é conveniente para ignorar a chamada Corrente Direta (DC) e fingir que a fonte de fornecimento de componentes eletrônicos, tais como transistores ou circuitos integrados, está ausente (como se cada componente tivesse a sua própria bateria embutida) embora ela possa na realidade ser fornecida por um circuito DC.


Em seguida, a análise diz apenas respeito ao circuito AC, uma abstração que ignora voltagens DC e correntes (e o poder que lhes estão associados) presentes no circuito real. Esta ficção, por exemplo, nos permite visualizar um oscilador como "produtor de energia", embora, na realidade, o oscilador consome ainda mais energia a partir de uma fonte de alimentação DC, que optou por ignorar. Sob essa restrição, nós definimos os termos utilizados na análise de circuitos como:


Componentes Eletrônicos



Componentes eletrônicos ativos dependem de uma fonte de energia (geralmente a partir do circuito DC, que optou por ignorar) e, geralmente, podem injetar energia em um circuito, embora isso não faça parte da definição. Componentes ativos incluem componentes amplificadores, tais como transistores.


Os componentes eletrônicos passivos não podem introduzir energia líquida para o circuito. Eles também não podem contar com uma fonte, exceto para o que está disponível a partir do Circuito (AC) a eles estão conectados. Como consequência, não é possível amplificar (aumentar a potência de um sinal), embora possam aumentar uma tensão ou corrente (tal como é feito através de um transformador ou circuito ressonante). Componentes passivos incluem componentes de dois terminais, tais como resistências, condensadores, indutores e transformadores.


Já os componentes eletromecânicos podem realizar operações elétricas usando peças em movimento ou usando conexões elétricas.


Componentes Eletrônicos



Componentes ativos - Semicondutores

Diodos
Entre um dos comportamentos mais específicos está a capacidade de conduzir eletricidade facilmente em uma direção, entre eles, podemos destacar os diodos retificadores, diodos zener, diodos emissores de luz (leds), fotodiodos, entre outros.


Transistores
Transistores foram considerados a invenção do século XX que mudou circuitos eletrônicos para sempre. Um transistor é um componente eletrônico semicondutor usado para amplificar e comutar sinais eletrônicos e de energia elétrica. Entre os mais comuns citamos transistores JFET, MOSFET, tiristores, etc.


Fontes de alimentação
As fontes de energia elétrica mais conhecidas são as baterias (a ácido ou alcalino), as células de combustível (geração eletroquímico), fontes fotovoltaicas (geração a partir de luz solar, pressão piezoelétrica, gerador elétrico, etc.


Componentes Eletrônicos
Componentes passivos

Resistores
São componentes eletrônicos que permitem a passagem da corrente em proporção à tensão (lei de Ohm) e se opondo a atual, possuindo capacidade de dissipar a energia em forma de calor ou mesmo variar a tensão no caso de um potenciômetro, por exemplo. Desatacamos também a funcionalidade dos Termistores, os quais são componentes eletrônicos sensíveis a temperatura, onde varia sua resistência de forma precisa e previsível.


Capacitores
São componentes eletrônicos condensadores, capazes de armazenar e liberar determinada carga de energia. Eles são usados para filtrar as linhas de fornecimento de energia, ajuste de circuitos ressonantes e para o bloqueio de tensões contínuas ao passar sinais AC, entre muitos outros usos.


Dispositivos magnéticos (indutivos)
São componentes elétricos que usam o magnetismo no armazenamento e liberação de carga elétrica por meio da corrente, entre eles, aparecem os indutores, bobinas, motores, solenóides, etc.


Transdutores/sensores/detectores
Transdutores geraram efeitos físicos quando acionado por um sinal elétrico ou vice-versa.

Sensores (detectores) são transdutores que reagem às condições ambientais, alterando suas propriedades elétricas ou gerar um sinal elétrico.

Os transdutores listados aqui são únicos componentes eletrônicos (ao contrário de conjuntos completos), e são passivos. Listamos apenas os mais comuns: alto falantes, dispositivos dispositivo piezoelétrico, buzzers, posição, movimento, codificadores, inclinometros, sensores de movimento, sensores de vibração, de fluxo, medidores de tensão, etc.


Módulos
São resultantes de união de vários componentes eletrônicos montados em um dispositivo, que é em si mesmo usado como um componente em projetos robóticos ou placas eletrônicas.



Auxiliares de prototipagem
Auxiliares de prototipagem são produtos destinados a possibilitar maior facilidade durante a simulação de projetos, entre os mais conhecidos encontramos os Jumpers e as Protoboards.


Componentes Eletrônicos



Eletromecânica
 


Cristais / Ressonadores

São componentes eletrônicos que utilizam o efeito de gerar ou filtrar altas freqüências.

Um cristal de cerâmica é utilizado para gerar freqüências precisas. Já um Ressonador cerâmico é um cristal cerâmico usado para gerar frequências semi-precisas.

Encontramos ainda os Filtro de cerâmica que são cristais cerâmicos usados para filtrar a faixa de frequências, como em receptores de rádio, por exemplo.


Terminais e conectores
São dispositivos utilizados para fazer a conexão elétrica entre os diversos componentes em um conjunto eletrônico. Entre eles, aparecem os terminais, conectores, soquetes, etc.


Switches
São componentes eletrônicos responsáveis por permitirem a passagem de corrente (“fechado”) ou interromperem o fluxo de corrente (“aberto”). Os mais conhecidos são as chaves push button, os interuptores DIP, as chaves fim de curso, os dijuntores, as relés, os interruptores Reed, etc.



Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Electronic_component