Carrinho  

Nenhum produto

Total R$ 0,00

Finalizar Carrinho

Categorias

Receber novidades e promoções

Depoimentos

  • Kit completo e de ótima qualidade.Valeu a compra.
    Clovis Saldanha Bastos, SANTANA DO LIVRAMENTO
  • Eu sempre surpreso com a empresa que tem como prioridade a satisfação do cliente, a Usinainfo é sensacional, os brindes são demais, adorei, Usinainfo, continuem assim, meus parabéns!
    Wellington Barbosa, São Paulo

Dimmer Arduino

5 produtos

Dimmer Arduino

O Dimmer Arduino é uma forma simplificada e barata de dimerizar os mais diversos tipos de sistemas elétricos, sejam eles de iluminação ou por meio de motores, tornando essa árdua tarefa em uma prática simples e eficaz.

A origem da palavra dimmer vem do inglês “dimmer” que significa a possibilidade que um dispositivo elétrico tem de ser dimerizado, onde torna-se possível controlar eletricamente a intensidade luminosa e a corrente de consumo.

Existem alguns modelos que funcionam de forma manual, ou seja, após fazer a instalação elétrica, utiliza-se um pequeno potenciômetro integrado a placa, que é capaz de reduzir a energia que está passando pelo circuito.


Lâmpadas dimerizadas com Dimmer Arduino


Outra opção é a utilização de um Dimmer Arduino, ou seja, para ele funcionar é necessário a interferência de um microcontrolador, precisando de um Arduino, um Pic ou um Raspberry Pi, por exemplo. Esse modelo automatizado é ideal para quem deseja tornar essa função automática, permitindo que todos os ajustes sejam feitos em determinadas condições ou horários, por exemplo.

Uma dúvida frequente de muitos usuários é a aplicabilidade do Dimmer quanto aos tipos de sistemas que podem ser aplicados. No geral, ele é indicado para o controle da luminosidade de lâmpadas incandescentes, não podendo ser utilizado em lâmpadas de led ou fluorescente, por exemplo, já que esses tipos de iluminação não podem dimerizados.

Outra aplicação é no controle da rotação de motores elétricos, no entanto, não são todos que podem ser dimerizados, isso porque, o dimmer trabalha com cargas resistivas. Mesmo assim, se a carga for indutiva vai funcionar com alguma perda de eficiência, se comparada ao tipo primeiramente indicado.