0 iconCarrinho (0)

Carrinho  

Nenhum produto

Total R$ 0,00

Finalizar Carrinho

Categorias

Receber Novidades e Promoções

  • Fiquei supreso com a agilidade, paguei o boleto na segunda e na quarta chegou a minha encomenda.
    Otacilio Pedro Gomes, Gravatai/RS
  • Os produtos que comprei chegaram rapidamente, muito bem embalados e funcionando corretamente, parabéns Usinainfo pelo atendimento e rapidez, continuarei comprando de voces.
    Jorge Cézar, Porto Alegre/RS
Ver Comentários
Arduino Nano V3.0 Ver ampliado
  • Arduino Nano V3.0
  • Arduino Nano V3.0
  • Arduino Nano V3.0
  • Arduino Nano V3.0
 Avaliações 
    |     Comentários (1)

Arduino Nano V3.0

06931

Mais Vendido
de: R$ 59,00 (Desconto de 42%)
R$ 33,90
+ 5% de desconto no boleto


Placa Arduino Nano V3 Compatível

O Arduino NANO V3 é uma pequena versão da placa Arduino Duemilanove, onde apresenta-se como um projeto que abarca alta tecnologia para manter as mesmas funções de microcontroladores maiores em uma versão de placa tão pequena.
Internamente conta com o microcontrolador ATmega328, o mesmo encontrado no seu irmão maior, apresentando como diferença a versão do chip que é SMD (um tipo de versão compactada, mas que apresenta exatamente as mesmas funcionalidades) que já está devidamente soldado na placa.
Outro diferencial da Placa Nano V3 é preço extremamente atrativo em relação a outros modelos, permitindo que seja aplicado em centenas de projetos com orçamento reduzido e que necessitam apresentar as mesmas funcionalidades de grandes projetos.


Detalhes Físicos do Arduino Nano V3

Fisicamente o tamanho Arduino Nano apresenta diferenças importantes em relação a modelos mais conhecidos entre os estudantes e técnicos programadores, sendo considerado menor do que o Arduino Uno, mas um pouco maior do que o Arduino Mini.
Os projetistas que estão familiarizados com os sistemas Arduino devem reconhecer imediatamente o benefício do Arduino Nano, especialmente para produção de protótipos em curto prazo. A redução no tamanho é realmente muito grande.
Como possui dimensões reduzidas pode ser imediatamente aplicado em projetos pequenos, onde microcontroladores maiores impossibilitaram o desenvolvimento, isso porque, não poderiam ficar ocultos em pequenas cases ou locais semelhantes.


Pinagem de Entrada e Saída

Os pinos no arduino nano são distribuídos em diferentes tipos de portas de entrada e saída que podem ser utilizadas para conexão com módulos e sensores eletrônicos, além de permitirem conexão com uma infinidade de tipos de componentes empregados nas mais diversas finalidades.
A pinagem do arduino nano V3 é distribuída em 36 pinos, onde entre os principais destacam-se um conjunto de 14 pinos digitais (dos quais 6 deles podem ser utilizados como PWM) e um grupo de 8 pinos analógicos que podem ser utilizados com portas de entrada ou saída.
O pinout arduino nano possui espaçamento de 2,54 milímetros padrão (0.1 "), intervalo perfeito para instalação sob protoboards ou para projetar em seu próprio PCB, permitindo que você conecte sensores e módulos sem a necessidade de utilizar soldagens ou outros métodos de fixação assemelhados.
Com relação a pinagem (pinout) ele atende a todas as especificações das placas padrão de estilo Duemilanove, com exceção, naturalmente, as dimensões físicas, permitindo execução com fidelidade dos códigos e bibliotecas anteriormente carregados por meio de programação.
Com a entrada analógica da placa Arduino Nano é possível utilizar sensores que trabalhem com valores diferentes de tensões em suas saídas, os quais mudam o valor a medida que são expostos a diferentes condições, entre eles, podemos destacar sensores de temperatura, sensores de distância, entre outros.
Não se pode esquecer da entrada digital arduino, a qual aparece 14 vezes entre os pinos do microcontrolador permitindo comunicação com diversos tipos de sensores digitais, trabalhando com valores exatos na saída (0 e 1), de forma a permitir a utilização de sensores de luz, sensores de nível de líquidos e muitos outros.


Alimentação

Muitos usuários e programadores se perguntam como alimentar arduino nano? Pois bem, a Alimentação do modelo Nano V3 pode ser feita de três formas diferentes, permitindo utilização da porta mini-USB ou com tensão de 6 a 20V diretamente no pino 30 - Vin, isso porque ele passa por um regulador de tensão ou ainda alimentado no pino 5V diretamente por fonte de alimentação externa com 5V.
Importante lembrar que a utilização da saída de 3.3V suporta a corrente máxima de até 50 mA quando o Arduino NANO está funcionando com energia USB, como a 3.3V é originado a partir do USB FTDI> série IC, como resultado a saída de 3,3V fornecida pelo Chip FTDI não estará disponível e os Leds RX e Tx irão piscar se os pinos digitais 0 ou 1 forem elevados.
Destaquem-se ainda que os pinos de E / S digitais ainda permitem uma corrente de a 40 mA cada, onde de uma perspectiva de software, você não terá nenhum problema, já que o Arduino NANO cai sob a mesma classificação de bordo (por exemplo) do Arduino Duemilanove.


Comunicação

Um dos principais destaques é a forma como é feita a comunicação serial no arduino nano, isso porque ele já apresenta em sua estrutura uma porta USB para conexão direta com o microcontrolador, sem precisar de módulos adaptadores ou produtos assemelhados como acontece em outros arduinos pequenos.
Em todo caso, se o programador não desejar a utilização USB direta pode optar pela comunicação spi do arduino nano, com ela é possível trocar informações com periféricos e outros microcontroladores, nesse caso, pode ser necessário utilizar adaptadores, por exemplo.
Em especial, o arduino nano v3 é uma das melhores opções para programadores e amadores na área eletrônica uma vez que não precisar de muito conhecimento para conexão, permitindo rápida conexão com computadores e notebooks.


Programação

Devido a simplificada comunicação, a programação do arduino nano também é muito facilitada, isso porque com o auxílio do programa Arduino IDE (disponibilizado para download diretamente no site do Fabricante) é possível fazer a programação rápida.
Por meio de códigos desenvolvidos unicamente ou com o a utilização de códigos e bibliotecas prontos é possível programar no arduino, desde que ele esteja conectado via USB e o operador tenha selecionado a com porta COM correspondente diretamente no software.
Com esses detalhes observador é possível programar o nano para executar controles de alarmes residências, conjuntos de iluminação com leds, módulos relés, sensores de luz, de fluxo de água e muito mais.


Reset Arduino Nano

A presença botão reset no arduino nano em muito amplifica sua vantagem em relação a outros modelos, isso porque permite que o programador possa reiniciar o microcontrolador de modo físico, sem a necessidade de programação ou uso de computadores.


Informações Adicionais

Devido ao fato de as plataformas de prototipagem Arduino tratarem-se de um projeto OpenSource é possível que sejam modificadas e aperfeiçoadas por outros fabricantes, e foi o que aconteceu com essa versão do Arduino Nano.
O único diferencial do Arduino Nano Compatível para o Arduino Nano Italiano é o fabricante, pois quanto a compatibilidade com bibliotecas/sensores e a funcionalidade é exatamente a mesma.

Se você procura o modelo original da itália, acesse aqui.  

CARACTERÍSTICAS:
  • - Arduino NANO V3.0 Compatível;
  • - Sistema microcontrolador;
  • - Possui mecanismo de reset;
  • - Muito compacto;
  • - Compatível com todos os sensores e bibliotecas do Arduino Nano Italiano;
  • - Mesma pinagem do Arduino Nano Italiano;
  • - Ótimo relação de custo x benefício;
  • - Garantia Legal de 90 dias (contra defeitos de fabricação).


ESPECIFICAÇÕES:
  • - Microcontrolador: Atmel ATmega328p;
  • - Tensão de operação (nível lógico): 5V;
  • - Tensão de entrada (recomendado): 7-12V;
  • - Tensão de entrada (limites): 6-20V;
  • - Digital I/O Pins: 14 (dos quais 6 oferecem saída PWM);
  • - Pinos de entrada analógica: 8;
  • - Corrente DC por I/O Pin: 40 mA;
  • - Memória Flash: 32 KB (ATmega328p, dos quais 2 KB usados pelo carregador de inicialização);
  • - SRAM: 2 KB ( ATmega328);
  • - EEPROM: 1 KB ( ATmega328);
  • - Clock Speed: 16MHz;
  • - Dimensões(CxLxA): 43,6x18,1x6,4mm (ignorando-se os pinos);
  • - Peso com embalagem: 6g.




19 outras opções

Comentários

Sem detalhes!

As placas Arduíno tem estimulado muito no desenvolvimento de automação, tê-lo neste tamanho é ainda melhor... dá para fazer projetos bem pequenos e com funcinalidades incríveis. A circuito é muito bem montado e vem muito bem embalado! Recomendo a todos.

Ivan - São Paulo/SP
Avaliação 
Comentario enviado para moderação!
Acesse sua conta para comentar!


*Fotos e vídeos meramente ilustrativos. Sempre verifique a descrição do produto. Em caso de dúvida, entre em contato com o nosso suporte por meio do Fale Conosco. Recomendamos buscar uma assistência técnica para instalação.
*Nota para Pessoa Jurídica: Os produtos são comercializados para uso/consumo ou industrialização. Caso compre para revenda, em alguns Estados é necessário o pagamento de Substituição Tributária, os preços exibidos não incluem Substituição Tributária. Para ter o cálculo, faça seu pedido normalmente e solicite ao nosso suporte, por meio do Fale Conosco o valor da Substituição Tributária adicional ao seu pedido. Faça o pagamento dele somente após esta solicitação.