Robô Edison V2.0, um Kit Robótico que Invadiu as Salas de Aula

No campo acelerado da robótica infantil, pode ser difícil se destacar da multidão, mas um dispositivo totalmente programável e acessível de baixo custo está fazendo exatamente isso: Kit Robótico Robô Edison V2.0!

O robô Edison foi projetado para oferecer aprendizado de alto impacto a baixo custo para crianças de todas as idades.

 

Robô Edison V2.0

Com aproximadamente o tamanho de dois baralhos de cartas, o Robô Edison V2.0 é pequeno o suficiente para caber na mão de um aluno da primeira série, mas sofisticado o suficiente para cativar seus irmãos adolescentes também.

Ele trabalha com uma variedade de planos de aula gratuitos e ferramentas de programação para alunos do ensino fundamental e médio. Também está criando uma comunidade de estudantes e educadores ao redor do mundo que mal podem esperar para ver o que fará em seguida.

Criada pela startup australiana Microbric, foi projetado para começar a interagir com crianças desde o primeiro momento (que, de forma útil, se desdobra em instruções ilustradas e em um código de barras inicial para passar por cima).

Equipado com infravermelho, um módulo sensível ao som e um sensor de rastreamento de linha inferior, o robô pode mostrar rapidamente suas habilidades, navegando pelos arredores, respondendo a palmas, tocando música e até mesmo participando de lutas de sumô com outros Edison.

 


A equipe Robô da AlQudwa School torce por seu robô Edison durante o GESS 2017 em Dubai.

 

Conexão Robô Edison V2.0

Depois de conectar Robô Edison V2.0 a um computador ou tablet através do conector universal de fones de ouvido (conector p2), os alunos podem começar imediatamente a criar programas para o boot, usando um de seus três aplicativos criativos adaptados à idade : EdBlocks, EdWare e EdPy.

Projetado para ajudar estudantes a iniciarem na programação, o aplicativo EdBlocks (de arrastar e soltar) oferece uma ampla gama de comandos para criar combinações ilimitadas e acomoda estudantes mais jovens e de aprendizado, aderindo quase inteiramente a símbolos visuais e ferramentas, usando um formato horizontal.

O EdWare, que possui um formato similar, permite que as crianças se aprofundem ainda mais no processo de programação à medida que se tornam mais experientes, e se aprimorem para usar a linguagem de programação real e a flexibilidade introduzidas pela EdPy.

Kat Kennewell, gerente de produtos e marketing da Microbric, explicou pelo Skype que o novo aplicativo EdBlocks é fácil de usar, já que utiliza estrutura de código aberto do Blockly, do Google, e também trabalhos de outros líderes tecnológicos, incluindo o Scratch 3.0 do MIT.

“Usamos esse código-fonte aberto como base para o EdBlocks, então o aplicativo é construído nas costas de gigantes como Google e MIT. A nossa é a primeira aplicação comercial do Scratch 3.0 que conhecemos”, disse ela.

 


Arraste e solte as sequências de programação do EdBlocks mostrando os planos para a direção aleatória (acima) e reagindo às dicas de luz (abaixo).

 

Ideal para Escolas

Graças aos materiais educativos diretos e totalmente gratuitos da empresa, incluindo livros impressos, planos de aula e planilhas em vários idiomas, os professores também podem mergulhar em cursos de robótica sem qualquer experiência anterior, ou mesmo fora da preparação.

Kennewell disse que tornar a educação em robótica acessível a todos tem sido o objetivo dedicado da Microbric desde que o fundador Brenton O’Brien começou a desenvolver um robô de sala de aula melhor.

Como resultado, Edison é um dos robôs educacionais mais avançados tecnologicamente no mercado, especialmente pelo preço.

Por ser compatível com blocos estilo LEGO, também permite que os alunos criem sua própria forma e mecanismos com os recursos existentes nas salas de aula, seja ajustando os eixos motorizados sob suas rodas ou empilhando-os com outros Edison para aumentar as possibilidades de uso.

A Microbric também oferece atualizações de firmware gratuitas para os proprietários da versão anterior do Edison, agora que o robô da versão 2.0 está disponível, o que inclui alguns pequenos ajustes e melhorias.

De acordo com os esforços dos desenvolvedores e os comentários que eles receberam de professores de diversas escolas, uma tropa de Edison pode manter a sala de aula totalmente envolvida nas possibilidades de robóticas disponíveis.

Kennewell brincou: “Nós esperávamos que sempre houvesse um garoto que se aborrecesse e começasse a voar com Edison como um foguete, mas descobrimos que os estudantes realmente ficam interessados em entendê-lo e usá-lo[…] “.

Para tornar Edison realmente preparado para a sala de aula, é claro, o robô tinha que ser construído para durar. Kennewell disse que Edison tem um grande histórico de sobreviver por pelo menos alguns anos escolares – possivelmente graças, em parte, ao topo transparente, que permite aos alunos verem a placa-mãe e os componentes eletrônicos sem precisar forçá-lo a abrir.

E se o robô pode sobreviver a ser atropelado por um carro , como Microbric demonstrou em um vídeo, provavelmente pode resistir às afeições dos alunos do ensino fundamental (pelo menos por um tempo).

 

Robôs Edison equipados com blocos LEGO estão alinhados para a ação em sala de aula.

 

 

Aplicativos Robô Edison V2.0

No futuro, a equipe australiana planeja lançar aplicativos de programação adicionais para os alunos, incluindo um orientado verticalmente para o público de quinta e sexta série.

Como a comunidade de usuários escolares e domésticos de Edison continua a crescer, a Microbric também espera continuar lançando novos materiais educacionais criados pela empresa e, como é cada vez mais, criados e traduzidos por professores de todas as partes do mundo.

“Nosso aplicativo mais antigo, o EdWare, foi traduzido para 15 idiomas e enviado de volta para nós para compartilhar com os outros”, Kennewell comentou. “On-line, as pessoas também compartilharam vários vídeos de projetos e construções que criaram. É maravilhoso ver uma comunidade de educadores, tão poderosa, unida para garantir que os alunos tenham a chance de aprender e explorar. ”

Ao contrário de seu projeto STEM comum, o Edison também oferece aos educadores a oportunidade de incorporar o currículo STREAM completo em uma atividade, observou Kennewell.

Entre seus aspectos robóticos, criativos e experimentais, trabalhar com o robô pode afetar a ciência, a tecnologia, a pesquisa, a engenharia, as artes e a matemática ao mesmo tempo, disse ela – algo que os cientistas sugerem ser ótimo para o aprendizado, desenvolvendo cérebros jovens.

 

Os alunos aproveitam algumas brincadeiras em sala de aula com o robô programável Edison e o tapete de atividades .

 

Escrito por Janet Burns.
Escritora freelance de tecnologia, mídia, ciência e cultura.

Texto traduzido e adaptado.

Categorias
Arduino

Entusiasta em Sistemas Eletrônicos Embarcados. Gestor de Marketing Digital. Bacharel em Ciências Sociais Aplicadas / Direito – URI.
Sem Comentários

Deixe seu Comentário

*

*

Sobre nós

Hoje a Usinainfo é um dos maiores ecommerces de Ferramentas, Peças para Eletrônica, Componentes Eletrônicos, Sensores e Arduino do Brasil, contando com uma grande diversidade de produtos na linha de eletrônica.

Sugestões

Artigos Relacionados