0 iconCarrinho (0)

Carrinho  

Nenhum produto

Total R$ 0,00

Finalizar Carrinho

Categorias

Receber Novidades e Promoções

Depoimentos

  • Já realizei várias compras e sempre com a mesma rapidez no atendimento e prazo. Adquiri recentemente a Cuba Ultrassônica e chegou em perfeito estado e no prazo previsto. Recomendo a todos. Ótimo produto, ótima empresa, ótima aquisição. Parabéns.
    Roberto Kunieda, São Paulo / SP
  • Muito bom, entrega no prazo e chegou em bom estado.
    Marcos, São Paulo
Deixe o seu depoimento e veja outros

Peças Tablet's

10 produtos

Tablet's

Os celulares e Smartphones indiscutivelmente já fazem parte do nosso cotidiano. Mas, não é o único portátil a fazer tão grande sucesso, os Tablets a cada dia vem ganhando mais destaque.

O Tablet é um eletrônico que pode ser considerado um computador portátil e muito funcional, é capaz de realizar as mais variadas funções por meio de aplicativos que a cada dia deixam mais simplificada a vida das pessoas.

No Brasil, a cada 5 computadores vendidos, 1 Tablet é vendido. Além do mais, a redução dos preços e a maior facilidade para sua aquisição, fizeram com que a venda de Tablets passasse a de Smartphones.

 


SURGIMENTO DOS TABLETS


Na década de 80, quando os computadores começaram a ser levados para as ruas, muitos reclamavam da usabilidade do seu teclado, já que o mouse não fazia parte dos ítens padrão. Por mais que existisse a semelhança com a máquina de escrever, o padrão QWERTY de distribuição de letras e números, garantia uma enorme quantidade de funções que podiam ser desempenhadas.


Quando, em 1989, a GRiD lançou o seu GRiDPad, a revolução que muitos acreditam ter começado com o iPad, iniciou-se de fato. A tecnologia que propunha computação baseada em canetas se mostrou promissora. Assim, o GRidPad trocou o teclado pela tela sensível, ativada por stylus, prometendo que reconheceria a escrita do seu usuário e que faria qualquer pessoa aprender rapidamente a usar um computador.


Já em 1992, a Microsoft disponibiliza no mercado o Microsoft Windows for Pen Computing, modelo que permitia aos desenvolvedores a criação de aplicativos dedicados à nova forma de interagir com a máquina. No ano seguinte, em 1993, a empresa Apple aproveitando-se do embalo, lança o seu modelo de computador de mão: Newton, historicamente um de seus maiores fracassos comerciais.


Até 1995 os computadores de mão, conhecidos comercialmente como Pen Computers, mantiveram-se como grande esperança, mas acabaram não rendendo o sucesso comercial desejado. Reconhecimento de escrita não funcionava, tinha limitações quanto ao processamento, memória, tamanho, dentre outros motivos que os transformavam em meras agendas eletrônicas melhoradas.


Em 1996, a partir do desenvolvimento do PalmPilot as vendas dos computadores de mão passou a ser um sucesso, mudando o cenário do mercado. Com hardware, o sistema Graffitti, que ajudava o reconhecimento dos caracteres, o mini computador deixou de ser apenas uma simples agenda e passou a ter diversas outras utilizações.


Os Palm’s mantiveram-se como principal forma de computador de mão para o público em geral até o surgimento e a popularização dos Smartphone’s. Apesar de não funcionarem da mesma forma, a convergência da computação móvel com a telefonia celular gerou a possibilidade de conexão com a internet em qualquer lugar, coisa que os Palm’s não faziam, dependendo sempre de linhas telefônicas fixas ou hotspots Wi-Fi.


Mesmo os Palm’s não tendo mais o mesmo sucesso, Bill Gates não desistiu e continuou a investir nos sistemas para os Tablets. O Windows Tablet PC, foi uma de suas criações, que consistia em um certificado dado aos equipamentos que possuíam a capacidade de funcionar como um computador normal, sem necessidade de utilizar um teclado.


Mesmo com todas as dificuldades, duas categorias de slate PC, além dos pequenos Palm's, conseguiram conquistar seu espaço: notebooks hibridos e os rugged tablets.
 


NOVAS GERAÇÕES


Mais poderosos, versáteis e bonitos que os slate computers dos anos 1990, os Tablets de 2010 contam também com um grande aliado para não seguir o rumo jurássico de seus predecessores: a tecnologia móvel atual, com 30 anos de vantagem em desenvolvimento.


Com redes 3G e Wi-Fi disponíveis em quase todos os lugares possíveis, sistemas operacionais, como o iPhone OS e o Android, extremamente adaptados à realidade dos portáteis e hardware específico como as telas capacitivas e os processadores de baixo consumo tornaram os tablets em sucesso de venda. Muitas dificuldades enfrentadas pelos primeiros slate PCs não passam perto dos aparelhos mais recentes.


Mas, o que podemos esperar para o futuro dos Tablets? Quais serão as novidades e as funcionalidades que ainda surgirão?